visite outros bloggs requeri: assadeira manga chupada

domingo, fevereiro 03, 2008

a whiter gary shade brooker of pale



matthew fisher, músico da banda inglesa procol harum, tentou e ganho, em 2006, a batalha legal sobre os direitos autorais da canção a whiter shade of pale, the top of the pop, um dos maiores sucessos do rock'n roll da década 60, quiçá de todos os tempos.

a mim, em particular, a canção acompanhou muitos beijos na boca, me embalou em muito rosto colado e em tantos outros momentos inconfessáveis. ela é uma das mais emblemáticas músicas do rock'n roll. quem nunca dançou a whiter shade of pale de olhos fechados, agarradinha ao (à) namorado (a) é porque nunca teve um (a) e, portanto, não se deu conta da importância que gary brooker teve no incendiar da libído daquela geração e de outras gerações de adolescentes nos últimos quarenta anos. os dedos ... oooooops!!! ... e a voz daquele inglês, que eu sempre preferi que estivesse do lado de cá cantando aos meus ouvidos enquanto a gente dançava, fizeram mais pelos adolescentes, que todos os manuais de educação sexual já editados, ou por editar, em todo o mundo.




este é gary brooker ... esperem até vê-lo cantando ...

pois bem, mesmo com todas essas evidências e todos os testemunhos que se espalham pelo planeta, o tecladista matthew fisher, músico da banda inglesa procol harum, que dedilha, na gravação original, o solo de órgão, tentou e ganho, em 2006, a batalha legal sobre os direitos autorais da canção apresentando uma ação no tribunal superior de londres, na qual argumentou que compôs, em seu órgão, a melodia da canção.
durante quase quatro décadas, a criação desse clássico do rock tinha sido atribuída ao cantor gary brooker e ao letrista keith reid.
no entanto, em 2006, o juiz que julgava o caso, determinou que 40% dos direitos autorais da canção correspondem a fisher.

o organista tinha pedido 50% dos direitos autorais, mas o magistrado concluiu que sua contribuição não foi tanta, quanto a de brooker e não abriu mão da determinação.
brooker tinha defendido sua condição de único compositor da melodia, que ainda gera grandes receitas estimuladas, inclusive, pela utilização da canção como toque de celular.

enfim, a whiter shade of pale é gary brooker e vice-versa.


brincadeiras e ganhos de causa à parte, a whiter shade of pale tomou conta do planeta em 1967. a letra enigmática, a interpretação de gary brooker e o solo, descendente em primeira geração de bach e saído direto do órgão de matthew fisher, fizeram da música uma das mais tocadas em todos os cantos desse nosso rincão arredondado, naquele e em outros anos, além de estar sempre presente em
soundtracks do cinema pelo mundo e nas rádios.
em 2007 foi lançado, em comemoração aos 40 anos do primeiro álbum da banda, uma versão resmaterizada em cd.
mesmo fora do pisca-pisca do flash da mídia, a banda continua trabalhando e tem se apresentado em shows, pelo mundo. gary brooker, inclusive, trabalhou com eric clapton. no vídeo a seguir, é possível ouvir d'us tocando guitarra e seu ajudante tocando bateria.
façam ou falem o que quiserem, a voz de gary brooker é a dona de tudo, ... tanto hoje ...


... como anteontem ...





Nenhum comentário:

 
Template by Mara*
requeri/2010