visite outros bloggs requeri: assadeira manga chupada

terça-feira, fevereiro 12, 2008

ray manzarek



rockeiro é assim, feito vinho, quando mais velho, melhora sobremaneira ...

aniversário de raymond daniel manzarek, a melhor oportunidade para dissertar sobre the doors. tecladista do the doors, ray manzarek é notável por seu modo de tocar, de tratar ou aproveitar do som de seu instrumento. absolutamente diferente, modificou o conceito que qualquer outro músico tecladista pudesse nos acostumar a ouvir, no passado, no presente, em todos os tempos. no futuro, alguém surgirá para modificar, fazer parecido, tentar fazer igual mas, o diferencial, sempre estará em ray mazarek.
quem conhece conversará, para sempre ...
sobre como é tocar, ray mazarek.
não acredita??? ouve!!! olha!!!

light my fire ...



spanish caravan ... uma obra inesquecível, maravilhosa ... lindo!!!



ray mazarek live and free ...




senta que lá vem história de tempos do the doors ...
mais velho, quatro anos, do que jim morrison, ray manzarek emprestou sua genialidade ao the doors fazendo da banda uma das mais incríveis per omnia seculum. sem nenhuma dúvida, o barulho do the doors é diferente de todo o resto dos barulhos do rock'n roll, por obra do espírito que ilumina os dedos do ray manzarek sobre as teclas do vox organ, do farfisa ou do gibson ...

nasceu em chicago em 1939, em uma família da classe trabalhadora.
inteligente, dono de enorme senso de organização, responsável, maduro, sensato, estudou música clássica para piano e, além de chegar a bacharel em economia, ray inscreveu-se na faculdade de direito da ucla, porém, dias depois aceitou um lugar como estagiário em management numa filial do wesrwood bank of américa. este emprego ele manteve por três meses, até voltar à ucla, como estudante graduado no departamento cinematográfico.
tudo isso terminou, quando um romance desfeito deixou ray de quatro levando-o a ingressar no exército.
nesse meio tempo, tocar piano passou a ser um interesse maior e, a solução, foi dizer ao psiquiatra do exército sobre sua desconfiança em estar virando gay. recebeu a licença, um ano antes do previsto, para voltar à ucla ao mesmo tempo em que jim morrison chegava.
na escola, produzia filmes de excepcional qualidade, todos autobiográficos, todos aludindo ao seu romance com a nipo-americana dorothy fuji kawa, razão de todos os ais! pronunciados por um coração cheio de dor. em evergreen, um dos seus filmes, um rapaz e uma garota correm em câmera lenta, um ao encontro do outro, tal e qual em hiroshima mon amour de alain resnais. a cena era tão boa que a direção da escola solicitou que ele a montasse mas, uma movimentação entre os estudantes, acusando-o de protegido, fez com que ray manzarek desistisse do projeto. em sua formatura os alunos ouviram um dos diretores do departamento dizer, que manzarek era um dos poucos que saiam dali, preparados para dirigir ótimos longas-metragens. afinal, seus filmes, todos os feitos na ucla, mais tarde, foram exibidos e aplaudidos por todos os alunos. a newsweek magazine reconheceu seu talento amador.
ray manzarek, fundador dos the doors é o gênio musical da banda. o carisma de jim morrison detém-se à sua voz, também inconfundível, e à sua aparência física, como uma das mais belas figuras do rock'n roll - sou contrária à opinião de boa parte da nação rockeira, que atribui, a ele, o lugar de rosto mais belo ... elvis era muito mais e robert plant eu aceitava como modelo, acaso me fosse dado o dom de retratista.
a marca registrada dos doors era o toque único de manzarek no órgão.
grace slick, do jefferson airplane, comentou em amsterdam, por ocasião de um show deles: manzarek toca o seu órgão e canta sem perder sequer uma batida.
até aquele show, na holanda, ray era tido como o maior talento da banda. jim despontou como ídolo naquele show, mas o talento de ray manzarek era insuperável. o que contava, em relação a jim morrison, além de sua voz incrível, era o carisma que ele conseguiu obter através da performance repleta de excentricidade, do seu rosto de enorme beleza, de sua carinha de menino desamparado e da mizanscene em palco.

é isso.

parabéns manzarek!!!

Nenhum comentário:

 
Template by Mara*
requeri/2010