visite outros bloggs requeri: assadeira manga chupada

quarta-feira, setembro 03, 2008

richie havens

no decorrer do período, click ... click in black itálico.

inteireza moral, coerência, ternura, sofisticação, competência, ineditismo, ... são algumas das melhores características do ator, guitarrista, compositor, ativista, poeta, produtor - uma lenda, o símbolo de uma geração que ficou boquiaberta diante da figura forte, sensível e desdentada cantando naquele festival, em woodstock há quase 40 anos.
no mccrea gospel singers, ele cantava com 14 anos, uma brincadeira à qual se deve sua incursão na música.
mas foi em woodstock que
richie havens chamou a atenção do mundo e, devido a isso, fez inúmeras tournées sendo, talvez, o único artista que conseguiu se apresentar, na mesma época, nas embaixadas do egito e israel, cantando shalom salaam aliekim, no momento em que aqueles países enfrentavam sérios problemas acarretados por uma crise importante.
richie havens abriu a festa em woodstock, e a sua freedom nunca mais foi esquecida. freedom, richie havens criou para aquele momento e a cantou sem dentes, diz a lenda, como protesto contra a guerra do vietnã ou para entoá-la melhor ou ambas as razões. a canção original é motherless child à qual ele agregou a palavra freedom, repetida e incansavelmente, em dois versos ...


richie havens a sua freedom ... ninguém teria feito melhor, ninguém teria interpretado melhor, com mais energia, mesmo com todos os dentes na boca.

existem alguns indivíduos sobre os quais acho difícil dissertar. o assunto não esgota e o volume de palavras necessárias seria tão grande que, mesmo tendo-as todas em meu poder, letra por letra, não caberiam em nenhum espaço conhecido.
richie havens é acústico. ele e sua guitarra se bastam. com sua maneira peculiar e única de se entender com ela utilizando o dedo
polegar esquerdo, em harmonia com a afinação no ré, aquela que possibilita vários movimentos sonoros é uma dessas pessoas para as quais faltam verbetes no dicionário.
richie havens e george harrison são um amontoado de 3 indivíduos indecifráveis, inexplicáveis, expressivos, indefiníveis, adoráveis ... as minhas palavras, não bastariam.

2 comentários:

lailols disse...

Estou usando o Chrome, direto. Vou anotar os problemas e te repasso apesar de você não querer nem saber. Existem pop-ups, o Chrome apenas impede que eles expandam na página.

Pior que o Waldick só a versão do Falcão, I'm not dog no.

requeri disse...

não quero ... não precisa repassar nada. que saco!!!

e, outra coisa, estar livre de popups não quer dizer que eles não existam, eu sei. ele apenas não nos expõe a eles. por uma questão de estilo, montagem de frase, etc, etc, etc, ... eu resumi a questão na frase: livre de popups. tá bem assim???

 
Template by Mara*
requeri/2010