visite outros bloggs requeri: assadeira manga chupada

quinta-feira, janeiro 01, 2009

gangsters infantis

os vídeos que ilustram a matéria podem ser vistos por aqui ou, aos que preferirem, aconselho um click ... click na telinha, e serão levados ao site do youtube onde poderão desfrutar de imagens maiores.

direção - alan parker
música - paul williams
atores - scott baio, florrie dugger, jodie foster, john cassisi, martin lev, paul murphy, sheridan earl russell, albin 'humpty' jenkins, paul chirelstein, andrew paul, davidson knight, michael jackson.
ano de realização - 1976

... alan parker é um maluco e alucina o espectador desavisado, que ouse lhe dar crédito ou confiança. mas, o que seria do cinema se não houvessem os filmes de alan parker??? o que seria de mim e dos cinéfilos, se não acreditássemos em alan parker???
impossível deixar a exibição de um dos seus filmes, com todos os sentidos em estado normal de funcionamento.
minha experiência nesta questão é dinâmica.
em bugsy malone, de 1976, deixei o cinema achando que aquilo era o fim, aquela arte acabara ali, o cinema tinha esgotado todas as possibilidades de criatividade, inventividade, ineditismo.



... o que aquele homem, alan parker, acabado de chegar, havia tratado com o diabo??? sua alma, sua inteligência, em troca do quê??? ele fazia o seu primeiro longa metragem e o resultado era aquele???


sobre bugsy malone, a criação, não mudei um centímetro minha opinião, continuo achando que de 1976 pra cá, não houve quem superasse bugsy malone ... eu, apenas, acostumei com a idéia, tornou-se familiar.

... vamos a ele: impecável, repleto da música perfeita, cantoria perfeita, dança perfeita, guerra de gangs, anos 20 e gangsters, o filme satiriza, com a mais brincalhona seriedade, outros que levavam ou levariam ou levam a sério aquele tema, com uma diferença, os atores são crianças que, travestidas de suas personagens, se estapeiam por uma arma que arremessa tortas. enquanto disputam a posse do tal armamento, os gangsters dirigem carros movidos a pedal que rangem pneus e brigam por uma bela garota, tallulah, vivida por jodie foster ainda menina ... cenário perfeito, fotografia perfeita, maquiagem perfeita, figurino perfeito. inesquecível!!!

... musicais, com raríssimas exceções, são monótonos, um tédio, musicais infantis, absurdamente entediantes e desprovidos de talento. bugsy malone quebra todos os parâmetros da monotonia da estória de filme contada através de cantoria.


a música está pra bugsy malone, o filme, assim como alan parker está para o cinema perfeito.

3 comentários:

Juan Trasmonte disse...

E que foi da vida do Scott Baio?? Esse filme é o máximo! Quando eu vi era quase uma criança, me apaixonei pela Jodie, tinha pensamentos impróprios com ela o tempo todo rssss
E não que eu venho dizendo no blog que tenho que escrever sobre Paul Williams?
Beijos

JoFlavio disse...

Pois é. Acho a trilha desse filme (Paul Williams) muito agradável, com alguns temas bem bonitos.

requeri disse...

seu zé, que que adianta seguir o seu rastro até o club de jazz bolgg, se quando vc vai lá não lê o comentário???

 
Template by Mara*
requeri/2010