visite outros bloggs requeri: assadeira manga chupada

sábado, janeiro 17, 2009

o rock britânico de sir reginald elton john dwight

como nos velhos tempos, sem a parafernália moderna, um gravador de dvd, gravei o show de sir reginald dwight em uma virgem, rebobinável e fiel fita de video.
a tecnologia não me assusta e não inibe uma prática que venho adotando desde o advento do video cassete: gravar tudo.

ele veio pontual e colorido de preto, amarelo e dourado tudo fartamente distribuído em meio a outras cores, bem ao seu estilo adorável e espalhafatoso.
vieram com ele, nilgel olson, na bateria desde 1969, o loiraço
davey johnstone, guitarrista e fiel escudeiro, desde 1972, guy babylon, teclado, bob birch, baixo e vocal e john mahon, percussão e voz.

na bateria eu senti falta de ray cooper que, 13 anos atrás eu tive a felicidade e o privilégio de ver tocar.
o vídeo a seguir é uma raridade que eu espero não seja arrancada do site doador. elton john cantando a canção preferida aqui de casa acompanhado pela batida de ray cooper. a bateria, nesta canção, é fundamental, não houvesse ray cooper não haveria quem fizesse igual.



na entrada ele tocou funeral for a friend/love lies e bitch is back que as 29 mil pessoas ouviram sem se importarem com a chuvinha molhadeira que caia tentando acabar com a festa.

o momento seguinte foi um pedido atendido, pois, não de propósito ele entoou em parceria comigo,
madman across the water, a faixa título do mais belo disco de elton john.

tiny dancer e
rocket man - na bateria ray cooper - nesta eu senti falta de uns agudos juvenis, que foram compensados por um dedillhar de mestre, sobre o teclado - levantaram-me do sofá pra dançar e cantar junto.

as canções, 24 ao todo, foram um apelo setentista brindadas pela jovial vitalidade da representação mais solene do rock'n roll inglês, o verdadeiro símbolo da música em mim. dele eu tenho tudo, desde os mais rockeiros hits, até as maiores choradeiras. por ele eu já passei mais de 12 horas esperando os portões abrirem, há 13 anos. por ele, quem me conhece sabe, eu trabalharia de graça, em qualquer função, só pelo prazer de ouví-lo cantar.

funeral for a friend/love lies bleeding
the bitch is back
tiny dance
levon
believe
take me to the pilot
goodbye yellow brick road
daniel
rocket man
honky cat
sacrifice
don't let the sun go down on me
i guess that's why they call it the blues
sorry seems to be the hardest word
candle in the wind
bennie and the jets
sad songs
philadelphia freedom
i'm still standing
crocodile rock
saturday night's alright
skyline pigeon
your song


Um comentário:

Andressa disse...

Oi Rê, tem um desafio pra você lá no meu blog. Fique á vontade para aceitar ou não! Um beijo...

 
Template by Mara*
requeri/2010