visite outros bloggs requeri: assadeira manga chupada

sábado, fevereiro 14, 2009

happy valentine's day!!!

hoje, em muitos cantos do planeta, é valentine's day, o dia dos namorados, que não carrega o apelo consumista do brasileiro, daquele outro dia, daquele outro mês.
a simples troca de bilhetinhos e cartões apaixonados compõe e interpreta o significado da comemoração.
muitas são as explicações para a tradicional troca de bilhetes apaixonados em san valentine's day.
por exemplo, no século XV, charles, o jovem duque de orleans, teria sido o primeiro a utilizá-los.
contam que, enquanto esteve aprisionado na tower of london, após a batalha de agincourt em 1415, teria escrito, perto do dia de san valentim, vários poemas e bilhetes de amor à sua mulher que se encontrava na frança.
outra narrativa nos diz que no século XVII, os enamorados escreviam belos e originais [ou não] poemas em pequenos cartões que enviavam às pessoas por quem estavam apaixonados.
no entanto, foi a partir de 1840, na inglaterra da rainha victoria, que as mensagens de amor desse dia tornaram-se uniformes.
cartões enfeitados com fitas de tecido e papel especial que continham escritos familiares até hoje, como é o caso de would you be my valentine, tornaram-se comuns contudo, o dia de são valentim contém uma das mais famosas histórias de tempos passados além de envolver belíssimas lendas da mitologia.
a história da igreja católica dá conta de, pelo menos, três santos valentim ou valentinus.

sobre 14 de fevereiro, e a origem de são valentim, o mártir romano que se tornou o patrono dos apaixonados, são inúmeras as histórias, e se baseiam em fatos perdidos no tempo o que fica difícil a possibilidade de ser encontrada a verdade. uma delas, mais simplista, apresenta são valentim como um mártir, que se recusou a abdicar da fé cristã que professava, lá pelos idos do século III da era cristã.
a mais conhecida, porém, conta que o imperador romano claudius II, ao perceber que os homens solteiros tinham mais predisposição a sair para a guerra, teria proibido os casamentos. assim, achava ele, poderia angariar mais soldados para as suas frentes de batalha.
valentim, um sacerdote da época, violou o decreto do despótico imperador, e passou a realizar casamentos em segredo. tamanha ousadia provocou a prisão do sacerdote valentim que foi torturado e condenado à morte.

ainda preso, diz a lenda, as crianças jogavam bilhetes com demonstrações de afeto em sua cela. daí a tradição dos bilhetes e cartões trocados nesse dia.
uma outra história dá conta de que, antes de morrer, o sacerdote havia deixado um bilhete apaixonado para a filha de seu carcereiro.
a data da comemoração foi escolhida pela igreja católica, quando roma se converteu ao cristianismo, para acabar com as comemorações da lupercalia, festa dedicada ao fauno luperco, que também envolvia rituais de relacionamento, e era uma festa pagã, comemorada em 15 kalendas martias, ou seja, tão antiga quanto o próprio império romano.

as dúvidas que estas histórias encerram, não têm tanto a ver com o destino do padre valentim, quanto com o registro da data de sua morte.

muita coincidência ela ter sido estabelecida um dia antes da lupercália, comemorada no dia 15 de fevereiro. 
a palavra lupercalia vem de lupu - lobo - e é uma festa pagã, sim, que longe de albergar o mal conclama a juventude, a saúde, a fertilidade, a sexualidade, a honra aos antepassados mortos e a chegada da primavera que, na antiga roma, acontecia no mês que, hoje, corresponde a fevereiro.
durante estes festejos da lupercalia, eram sorteados os nomes das jovens solteiras que fariam companhia aos rapazes candidatos ao namoro. o romance podia ter a duração do festival ou durar a vida toda, já que muitos jovens se apaixonavam e casavam.
fauno luperco era um pan, d'us dos caçadores, na mitologia grega, e adorado pelos romanos como uma divindade agrária benéfica cujo nome significa: favorável.
o festival de lupercalia era em sua homenagem, porque ele protegia os rebanhos contra os lobos e garantia a fecundidade deles. sua representação inclue orelhas, chifres e pernas de bode. sempre de flauta na mão, divertia-se assustando as pessoas no campo - daí a palavra pânico.

as lupercais eram festas que apresentavam o caráter de uma purificação, destinavam-se a garantir a prosperidade do solo e dos rebanhos e foram substituídas, por intervenção da igreja, pela festa da purificação da virgem. 14 de fevereiro era, também, o dia dedicado à deusa juno que, além da rainha de todos os deuses, para os romanos era a deusa das mulheres e do casamento.

rómulo e remo, as crianças cujo futuro abrigava a criação de roma, foram amamentadas pelo fauno ou luperco - pan na mitologia grega - ele teria tomado a forma de uma loba e alimentado as crianças. fauno e silvano, como era conhecido pelos povos de língua latina tornou-se símbolo do mundo pagão.

figura com corpo de homem, chifre e patas de bode, o sátiro, pan, luperco, fauno ou silvano é uma figura da mitologia greco-romana. estas figuras moravam nos bosques, os quais guardavam. alegres e maliciosos escoltavam dionísio e participavam de suas festas acompanhados das ninfas. em roma, o sátiro - do grego satyros - recebeu os nomes latinos fauno e silvano - assim como dionísio era chamado de baco. ele aparece em muitas histórias como o homem e o sátiro, de esopo.

senta que lá vem uma história de cinema:


calvin hooker goddard, médico, balístico e historiador militar, americano dos eua nascido em baltimore viveu entre 1891 e 1955, e teve sua vida destacada, pela invenção do método científico de identificação da arma, de onde teria sido disparado um tiro.
coronel aposentado do exército dos eua foi ele quem aperfeiçoou a identificação de armas de fogo usando um microscópio de comparação.
no caso do massacre de chicago, em 1929, quando 07 gangsters foram sumariamente assassinados, por homens da quadrilha de al capone vestidos como oficiais de polícia de chicago, os testes de armas de fogo realizados pelo coronel, no revólver achado pela polícia foram decisivos para o esclarecimento do caso.
a partir daí ele passou a dirigir, na northwestern university, o primeiro laboratório de crime de ciência forense independente do país.

mais tarde, em 1932, o fbi montou outro laboratório de crime de ciência forense semelhante. o método é usado, até hoje, já levou muitos criminosos à condenação e, com a mesma exatidão, inúmeros suspeitos foram inocentados.

... the st. valentine's day massacre, é um filme de 1967, de orçamento milionário dirigido, por roger corman e conta a história da chacina de sete mafiosos de chicago em 1929, no dia de san valentin. jason robarts faz um al capone primoroso e ralph meker é o seu rival bugsy moran. além deles tem george segal como o leão-de-chácara peter gusenberg, e jean hale como a sua deliciosa malograda amante.

5 comentários:

LETÍCIA CASTRO disse...

Nooooossa, adorei a dica do filme, até pq adoro filmes da máfia sobre o Capone. E tb adorei o lance "americano dos EUA", é isso mesmo, comadre, tem americano desde a Groenlândia até a Terra do Fogo, penso assim tb. hehehe
Agora, estamos nsynch. Não dá pra ignorar o Valentine's Day, pô, é tão bonitinho, romântico, rodeado de musiquinhas e filminhos maravilhosos, tem que divulgar. Adorei o texto e boa essa idéia de passar o dia com Pink Floyd. Aqui teremos Nat King Cole, apenas para ouvidos apaixonados. hehehehe
Beijocas com saudades!

Daniela Figueiredo disse...

Rê, adoro filme de máfia, valeu pela dica! E este fauno luperco é assustador! Lembrei daquele filme O Labirinto do Fauno. Imagine a gente se deparar com ele em um passeio por algum parque? Poderiam até fazerem uma junção do filme O Massacre do Dia de São Valenim com o Fauno, já imaginaste que obra-prima trash iria ser criada, com o fauno aterrorizando os gangsters? hahaha, viajei, eu sei. Beijos pra ti e curta o dia do amor!

Blog da Sissym disse...

Rê, visite qq um dos meus 2 blogs, a ultima postagem tem o mesmo texto.

Bjs

Cris disse...

Lido e compreendido, não poderei comemorar a dois, portanto, farei o possível para manter a data ao som de Since I've Been Loving You, sozinha.
Cris

Victor S. Gomez disse...

Levei você para os meus três blogs. Beijos

 
Template by Mara*
requeri/2010