visite outros bloggs requeri: assadeira manga chupada

quinta-feira, abril 23, 2009

earth, wind & fire


no escrito anterior, que não foi exatamente um escrito, enfatizei a palavra earth - dizem que era o dia da terra - com fotos e, principalmente, com a amostra de uma banda dos usa, uma negada ótima, o earth, wind & fire e a voz de philip bailey.
não percam qualquer oportunidade das que disponibilizarei aqui, em algum vídeo ou texto linkável.

tudo começou em 1941, em menphis, onde nasceu maurice white.
anos mais tarde, em chicago, ele vira batucador na bateria da gravadora chess records e no sétimo ano da melhor da décadas, 1960, vai pro ramsey lewis trio.
com wade flemons e don whitehead, dois amigos, dois caras como ele, formou o salty peppers que rapidamente mudou de nome. maurice não achou digestivo ser uma pimenta salgada e escolheu um nome mais familiar, mais doce, não menos quente, mas repleto de referências astrológicas: earth, wind & fire, terra, vento e fogo, os elementos que regem seu signo, sagitário.

em 1969 chegam-se aos três: o vocalista sherry scott, o percussionista phillard williams, o baixista verdine, irmão de maurice e a figura mais bela da banda, o guitarrista michael beale, a bateria de chester washington, o trompete de leslie drayton e o trombone de alex thomas ... e é aí que a banda vira um bando.

a espera pro sucesso internacional durou 6 anos e chegou com a trilha sonora de
thats the way of the world, filme apagadinho, de pouca repercussão, mas de musical e premiada lembrança.



o disco gratitude, logo a seguir, traria canções de sonoridade digna do disco de platina que recebeu e que provocou em maurice uma espécie de aura protetora fazendo com que criasse a kalimba productions, produtora do earth e de muitos artistas que se aninhariam nela.





não existe maneira mais deliciosa pra lembrar do earth, wind & fire, do que ouvir as canções da banda. ouvir talvez não baste, pois aquele povo é chegado numa coreografia em massa.
maurice e verdine white, philip bailey, eric benett e seus companheiros são um emblema da música negra.

uma banda incendiária, pioneira em premiações legadas a músicos negros e em quantidade de ingressos vendidos para um único concerto - no madison square garden, new york - o earth, wind & fire é símbolo da maior riqueza musical legada ao mundo.
o earth, wind & fire marcou a cena da música popular internacional com uma história feita de talento autêntico, dedicação à música e lealdade aos fãs.

3 comentários:

joão disse...

imagem, assim como som, exerce um extraordinário domínio sobre os sentidos aqui de casa. ver e ouvir são um fundamento interessante e vital.
As palavras são sementes, creio que era a sua intenção ao escrever no seu blog as palavras acima.

Sissym disse...

Nossa REEEEEE! eu amo isso! então depois de clicar adicionei nos favoritos, e neste momento ouço Let's Groove... Deus como dancei isso! Enquanto ouvia, fiquei lembrando do Joao Assis... estava aqui me "rebbolando" dançando na cadeira que me aguenta!

Eu levei seus "tenis" para o BlogZoom, se tiver chulé, sinto muito, vou retirar... as fadinhas são sensíveis! kkkkk

requeri disse...

obrigada sissy ... se passar um zoom por aqui, sobrevoando, eu laço ... bj.

 
Template by Mara*
requeri/2010