visite outros bloggs requeri: assadeira manga chupada

segunda-feira, junho 22, 2009

aloha, israel kamakawiwo'ole!!!

toque quando quiser, cutucando o botão play do tocador
Israel Kamakawiwo'ole - Somewhere Over The Rainbow & What A Wonderful World


haverá exceções, sempre, gente escrevendo o que não andou dizendo etecetera e tal ... assim como vou fazer agora, quando resolvi escrever sobre a morte - 26 de junho de 1997 - de um artista especial, que fazia música belíssima e parou com ela por conta de uma dessas tais enfermidades mórbidas. aqui vou - eu - contradizendo a todos que, como eu, só acreditam na vida e na música sem qualquer tipo de separação e não gostam de dizer sobre quando uma delas chega ao fim.

israel kamakawiwo'ole, nascido israel ka'ano'i kamakawiwo'ole, aos 20 dias do maio de 1959, é um músico do hawai'i, descendente da mais pura casta de nativos havaianos, ativista político - cantava o amor às raízes do seu povo - e fazia uma música assemelhada à lo-fi, lembrança que me ocorreu, acredito, seja por conta do som oriundo da simplicidade do violão havaiano que tocava - o ukelele, experimentado por george harrison.





o novíssimo mundo, esse que se dá no infinito eletrônico da internet e da informática em geral, nos deu algumas dádivas. dentre as maiores, talvez a maior artisticamente falando, é a possibilidade de convivermos com personas como esse israel kamakawiwo'ole, o delicado gigante, como eram conhecidos os seus obesos, tristonhos e extremos 340 quilogramas. não sei o que ele fazia direito, fora a música, mas sei que ele não era tipo como eu, como você.
fica difícil imaginar como um cara feito ele, com todo aquele tamanho, nasce, mas ele nasceu e musicou, vivo, a vida do hawai'i por um certo tempo.
as sinuosas dedilhadas e as camadas sonoras que aquela voz gentil conseguia emitir, tiveram a função de me assustar. como ele conseguia??? hoje parece puro ilusionismo, pura fantasmagoria ouvir e olhar israel kamakawiwo'ole.
aliás, como nasce um fantasma???
este texto é uma empreitada de ghostbuster por esse mundo novo, pela rota do naturalismo dos fantasma musicais e por essa visão da possibilidade de qualquer gênio poder existir como tal e em sua amplitude ... humana, amplificada e tornada real pelo fato de poder usar como ferramenta, tudo o que me cerca rotineiramente - mouse, teclado, net, monitor, caixinhas de som, caixonas de som - mais ou menos assim, sem limite, e ver e ouvir rolar o talento do carinha como se fosse na plenitude de sua existência e extrapolação.

iz, como é conhecido em seu país, ganhou estátua e a adoração perene de seus compatriotas, pelos 38 anos dedicados à vida, dos quais, 20 e poucos, se encarregaram de mantê-lo num ritual musicando, com encanto, nossos ouvidos. são 23 anos de sua morte, causada pelo peso dos mais de 340 quilogramas, mas sua música se mantém instalada nos círculos, virtuais ou não, e ela, essa música, e isso é o que importa, existe para quem quiser que ela exista, sem obstáculos. é só procurar.
israel, hoje em alguma caverna nas nuvens, é mais um fantasma da espécie misteriosa dos fantasmas que fazem do mistério das origens e destinos de sua escrita musical, o principal encanto do mundo, como se fosse um movimento novo, recentíssimo.
as cordas folk do violão havaiano e sua voz afinada e macia, arrepiam tal e qual o mais rigoroso inverno, como em somewhere over the rainbow, na impressionante homogenização com what a wonderful world, aparentando terem sido mescladas por sugestão de algum sonho indecifrável.
upei no 4shared, pode pegar.


isto posto, fique vendo/ouvindo white sandy beach e hawai'i aloha




aloha, israel kamakawiwo'ole!!!

Um comentário:

jorge fortunato disse...

Somewhere over the rainbow fiocu bem melhor cantada por esse vozeirão acolhedor. Este já é o segundo post que leio sobre este cantor e merece todo aplauso, pois divulga um artista, que considero formidável. Pena que já partiu, mas deixou uma obra muito bonita. No ano passado através de um post (clube do algodão) conheci o Israel e corri para baixar o que foi possível. Recentemente usei essa música como fundo musical para uma apresentação de fotos. Ótimo post, aliás, como sempre!
Beijos

 
Template by Mara*
requeri/2010