visite outros bloggs requeri: assadeira manga chupada

quarta-feira, junho 09, 2010

mad dogs & englishmen

   sobre a melhor das décadas, eu sou repetitiva: não há nada que não tivesse acontecido. essa é a frase que traduz 1960. aliás, esteve como deveria, digna e natural. há história escrita para todos os gostos e sentidos. há todo tipo de experiência musical gravada. me orgulho em dizer que, mais do que vivi, ouvi cada um dos sons daquele decênio mágico. quase nada ficou fora do meu alcance, porque tudo acontecia às claras. foi uma época cristalina de sons naturais, parcerias naturais, formações naturais, festivais naturais, ... os discos que todo mundo amou estiveram na década de 1960. ela é, formalmente, foda, intensa, hipnótica, inventiva, agressiva.
ocorre-me pensar que os grandes músicos se caracterizam justamente por sua competência musical e que seu verdadeiro talento consiste em mantê-la durante toda a vida.
a voz de joe cocker, em woodstock - 1969 - reinava absoluta após a interpretação irretocável de with a little help from my friends, no domingo 17 de agosto. no ano seguinte, aquela voz juntou-se a uma verdadeira orquestra de gente do rock, músicos da melhor safra, e mais chris staiton e leon russell, e saiu em tournée levando consigo dog and childrens, todos com uma disposição de dar inveja.
a trupe de leon russell e joe cocker - não pergunte a razão ou talvez seja suficientemente óbvia, me lembra o filme família rodante, um pablo trapero, que assisti na mostra de cinema de número 33, em 2004 - viaja pela américa do norte com ares daquela década, ou seja, desarrumados, despenteados, naturais, cantando, tocando ou ajudando, sob a estrela da mais absoluta boniteza.

mad dogs & englishmen - ouça, aqui é o nome da tournée, de 1970, idéia de leon russell, o bruxo branco - que eu já vi de pertinho.

em 1971 no brasil pudemos ter o vinil daquilo tudo.
quem quiser, hoje, ter mais beleza por perto, baixe, compre, logo o dvd, pô!!! se não o fizer, tá faltando algo na sua vida, pode apostar.
dirigido por robert abel e pierre adidge mad dogs, o filme, é o convescote rockeiro que reúne 50 amigos, para ajudar joe cocker a cantar durante 6 semanas. 
esta é, acreditem!!! uma das melhores películas de concerto realizadas no planeta.
este é um dos melhores concertos de música pop. foi feito por músicos extraordinários, um coral absurdo e muita substância ilegal. 

Um comentário:

legalmente loira... disse...

Oi Re,
bom dia!
adorei o post!
o espaço é belissimo.
agora penso estar no lugar indicado hehehe.
lindo domingo com bjos.

 
Template by Mara*
requeri/2010