visite outros bloggs requeri: assadeira manga chupada

quarta-feira, setembro 15, 2010

ele amava a vida e o cinema ... claude chabrol



no domingo minha rica vida ficou um tanto mais pobre. claude chabrol, diretor de filmes que eu amo - une affaire de femmes/1988, inspector lavardin/1986 - est mort.

não vai resolver, a tentativa de simplificar: todos morrem um dia, até nossos ídolos. é que vai ser impossível viver neste mundo, sem a expectativa do próximo filme de claude chabrol.
claude chabrol divertiu-se em azedar a pequena burguesia francesa.
morreram o lirismo, a simplicidade, a estética, a acidez, a ironia de chabrol.

li em qualquer canto de um jornal, faz alguns anos, que quando chabrol foi juri em veneza frequentava, assiduamente, um certo restaurante da cidade. chabrol era um inveterado gourmet - presava o bem comer, o bem beber, o bem viver.
pois então, naquela ocasião, alguém perguntou a razão pela qual não havia trazido algum filme - ele trouxera, sim, merci pour le chocolat, obra que estaria fora da competição daquele ano. sua resposta foi honestamente precisa: “porque como concorrente, eles só pagam três dias de hotel. como jurado é possível ficar em veneza, o festival inteiro”.

foi com o filme le beau serge, que chabrol trouxe à tona a nouvelle vague - movimento artístico do cinema francês, paralelo à contestação estabelecida na década de 1970.

isabelle huppert, a musa de chabrol, atriz de madame bovary, une affaire de femmes, ... na pele da juiza jeanne charmant killman, em l’ivresse du pouvoir/2006, murmura, diante da decepção em não conseguir livrar o mundo da corrupção: “qu’ils se démerdent” ... seria como dizer: que eles se esmerdeiem.



reverenciei chabrol o tempo todo. madame bovary, la cérémonie, e une affaire de femmes, são os meus preferidos. estou triste.

é isso.
requeri/regina claudia





6 comentários:

Daniela Figueiredo disse...

Rê,
Eu não assisti a nenhum filme de Claude Chabrol. Mas este post despertou a minha curiosidade. Em pesquisa, além do famoso Madame Bovary, alguns títulos de filmes chamaram a minha atenção: Um Assunto de Mulheres, Ciúme - O Inferno do Amor Possessivo, Mulheres Fáceis, Os Sete Pecados Capitais, Alice ou A Última Fuga, Doutor Mabuse e seu destino, e assim vai! Valeu pelo post!
Bjos.

requeri disse...

dani assisti a todos os filmes do chabrol que vieram pro brasil. tenho orgulho disso e de ter, com essa paixão, iniciado meu porrinha no cinema francês, ação que ajudou em sua formação intelectual, profissional, enfim, em tudo. acredito que a arte, a cultura são fundamentais na formação do ser humano. felizes os que se dedicam, se obrigam, e são estimulados a ler bons livros, ver bons filmes e escutar boa música.

assista a todos os filmes de chabrol que conseguir.
a madame bovary dele, não tem igual.

beijo. obrigada.

Joselito disse...

Regina, vous avez un goût très raffiné. Ulala

requeri disse...

e vc, joselito, é um amor e muito gentil ... bj.

Michel disse...

Oie!! Dei um pulo aqui e também fiquei curioso pelos filmes de Chabrol! Vou dar mais uma pesquisada.. no mais tudo na paz? Espero que sim!!
Abraços e bom domingão, Michel
www.rodandopelomundo.com

Felipe.hiato? disse...

MOça de bom gosto. o cinema ficou um pouco menos interessante com a morte de claude chabrol.

Só hoje, não sei quanto tempo depois, vi seu comentário no meu blog. Que há tempos é um bocado inconstante.

Não lembro da referida discussão, mas se vc diz, eu acredito.

Se não lembra.. o meu blog é http://opatifundio.com/estouachegar

bjo

 
Template by Mara*
requeri/2010